Mochilão no Japão – Kyoto

Olá aventureiros! Hoje é dia de falar sobre o último destino da saga do Mochilão no Japão (mas não o último do Japão) e para fechar com chave de ouro o destino escolhido foi Kyoto!

Vale lembrar que depois do dia cheio de adrenalina, correria e animação na Universal Studios Japan em Osaka, o plano era partir direto para Kyoto de trem, mas o cansaço não deixou! Mesmo cansados fomos atrás de um cyber café ou hotel cápsula para dormir no centro de Osaka, era como se estivéssemos no meio do deserto em busca de água, no caso a busca era de qualquer lugar para capotar! Estávamos em mais de 12 pessoas e em nenhum lugar tinha vaga para todos, a sorte foi achar um hotel que tinha lugar para todos com um porém: ia ficar um pouco fora do nosso orçamento. Estávamos quase desistindo, quando depois de muito insistir o dono fez um super desconto e pagamos quase o mesmo valor de um mangá café e tivemos uma cama (sim, camaaa!!), banheiro privativo, conforto, lugar aquecido, cadeira de massagem, chuveiro com água quente…tudo o que precisávamos para recompor nossas energias!

No dia seguinte combinamos de não acordar muito cedo para descansarmos de fato e irmos renovados para Kyoto. Kyoto era um dos únicos destinos que estava desde o começo nos meus planos, pois lá é a alma da cultura japonesa no Japão e mergulhar e respirar tudo isso era preciso (e certamente não estava nada errada).

kinkakuji-01

Kyoto

Foi capital imperial do Japão por mais de mil anos, atualmente sua economia depende bastante do turismo, até porque é considerada a melhor cidade turística do Japão. Só em Kyoto você encontrará uma vasta variedade de templos, arquitetura tradicionais, gueixas andando pelas ruas…que torna a cidade referência para quem busca aproximação a essa rica cultura. A importância da cidade é tamanha para os japoneses que no passado foi poupada dos bombardeios, permanecendo vivas as construções arquitetônicas e culturais.

COMO CHEGAR

A uma distância de 465 km de Tokyo, 360 km de Hiroshima e 55 km de Osaka. Possui fácil acesso em vias aéreas (Aeroporto de Kansai) e terrestre (JR). Fomos de Osaka para Kyoto de trem e levou cerca de 30min. O mesmo percurso pode ser feito por trem-bala na metade do tempo e o desembarque é na imensa e fascinante Estação de Kyoto.

estacao kyoto - 02

estacao kyoto

A nossa circulação na cidade foi feita só por ônibus e foi muito fácil e tranquilo usar, éramos deixados na porta dos pontos turísticos. Como o intuito era desacelerar nossa viagem e sentir as boas energias da cidade fomos em apenas dois pontos turísticos que valeram muito a pena e que são considerados Patrimônio Mundial pela UNESCO:

  • KINKAKUJI

Templo budista conhecido como Pavilhão Dourado, é coberto por folhas de ouro (exceto o andar térreo). É rodeado pelo lago espelhado que em dias sem muito vento consegue-se ver o reflexo do templo perfeitamente (pegamos um dia com vento rs). O valor para entrada da área do parque é de 400 ienes.

kinkakuji-03

kinkakuji-02

kinkakuji06

Como todo o templo tem os rituais tradicionais: lojinhas para comprar amuletos, lugares para jogar moeda de 5 ienes e fazer um pedido… Um passeio imperdível, o templo é lindo, mas a paisagem no seu conjunto é maravilhosa!

souvenir kinkakuji

kinkakuji-04

kinkakuji-05

  • KIYOMIZUDERA

Templo budista conhecido também como Templo da Água Pura. O encanto já se inicia no percurso até o templo onde precisamos passar pelas ladeiras e ruas do distrito de Higashiyama repleto de lojinhas de comidas e souvenires e é bem normal encontrarmos mulheres e homens vestidos de kimono e trajes típicos. O preço da entrada é de 300 ienes.

kiomizudera

souvenir kyoto

cartao kyoto

kiomizudera-05

O templo Kiyomizudera possui mais de mil anos de existência e com o seu conjunto de templos de madeira tornou-se um dos pontos turísticos mais famosos da cidade.

kiomizudera-06

kiomizudera-13

kiomizudera-03

Otowa-no-taki: Cachoeira onde os visitantes bebem a água buscando saúde, longevidade e sucesso nos estudos.

kiomizudera-08

Logo que chegamos soubemos que eles iam fechar e reabrir no começo da noite para um passeio norturno e iluminado. Aproveitamos para conhecer o lugar de dia, fomos fazer hora nas lojinhas (lê-se comprar presentes) e voltamos ao anoitecer. O cenário criou vida e as fotos falam por si só:

kiomizudera-02

kiomizudera-12

O mais famoso complexo fica no alto da colina e sua estrutura toda de madeira foi construída sem a utilização de um prego sequer. A vista lá de cima é uma das mais belas de Kyoto e para a nossa sorte ou azar (depende do ponto de vista, rs) começou a nevar muito naquele momento! kiomizudera-09

kiomizudera-10

Lá em cima há vendas de amuletos e um buda que aproveitamos para esfregar nossas mãos nele para dar sorte!

buda

kiomizudera-07

Finalizamos nosso dia perambulando pelos arredores de Higashiyama e curtindo nossos últimos momentos naquela cidade.

portao

Fomos para o centro de Kyoto pegar nosso últimos ônibus da saga desse mochilão para a nossa casa no Japão. Essa viagem durou 6 dias, mas foram 6 dias intensos, como poucas horas de sono, muitas horas de animação, empolgação, parceria, companheirismo e muito, mas muito Japão. Fomos em um time good vibes e a energia positiva nos acompanhou do início ao fim!

Para quem está no Japão ou pretende ir, uma dica: não deixe de conhecer esses lugares e muito além deles! Os destinos do Japão não terminaram, ainda há muito pra vir…mas essa viagem foi inesquecível e as memórias moram em mim até hoje!

vitral

Se tiver alguma dúvida me escreva! Se não tiver, me escreva também! rs

Bjs,

Pri

 

 

Gostou do nosso post? Compartilhe com seus amigos!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

33 pensamentos em “Mochilão no Japão – Kyoto

  1. Genty, que demais! Nunca pensei em conhecer o Japão, mas vejo tanta riqueza cultural que até dá vontade de ir.
    Você tem família lá?
    Dicas super úteis e informações bem completas para quem pretende conhecer o outro lado do mundo .) Parabéns

    1. Olá Julia!
      Tenho sim, mas na época que eu fui acabei encontrando bem rápido um primo só..srsrs
      Aconselho a todos ir uma vez sequer pra lá, se bem que indo uma vez, é difícil não querer voltar hehe

      Abcs,
      Pri

  2. Menina, amei! meu sonho é dormir num hotel cápsula kkkkkkk você pode ser minha guia pelo Japão quando eu conseguir ir pra esse país maravilhosos? hehehehe bjs

  3. pri as fotos dos templos são deslumbrantes, as cores vivas, porém achei à noite divino..
    E a cachoeira preciso beber dessa água começei hoje o MBA, estou precisando de um pouco desse sucesso nos estudos e saúde sempre porque nunca é demais.!!!

  4. Que post bacana!
    Embora não seja fã da comida japonesa, adoro a cultura deles e tenho muita vontade de conhecer o país. O post está bem completo, cheio de informações, muito legal!
    Abs, Marlise

  5. Adorei tudo! Não tenho planos de viajar para o Japão em pouco tempo, mas com certeza minha vontade está crescendo com esse post maravilhoso! Adorei a possibilidade de visitar o templo a noite, é totalmente diferente do que viram de dia, não é? muito legal!!

  6. Pri, que luxo o hotel até com cadeira de massagem, precisava de uma dessas agorinha rsrsrs
    Kyoto parece ser recheado de cultura, bem tradicional, deu vontade de conhecer…Nunca havia pensado em um mochilão pelo Japão até conhecer seu blog.. está me inspirando!!!

    1. Oi Lorena,

      Tem horas que eu só fico me imaginando nessas cadeiras de massagem rsrs.
      Fiquei muito feliz em recebe seu feedback! Obrigada!

      Abcs,
      Pri

  7. Priiii! To amando essa sequencia de posts do Japão! Esse lugar ocupa uma das primeiras posições em minha lista e os seus posts estão super me ajudando. ♥♥♥
    Beijão e obrigada por compartilhar tanta dica boa!

    1. Oi Alexandre,

      muito obrigada pelo feedback! Adorei recebê-lo!
      Espero que minhas dicas ajudem quando decidir ir para o Japão!

      Bjs,
      Pri

  8. Demais !!
    conheci os seus posts hoje e já li aquase todos , pretendo ir fazer arubaito esse ano e os lendo fiquei com mais vontade ainda =D . Gostaria de saber se entre os jovens que vão para lá existem muitos que não conhecem ninguém ? ou a maior para já vai com um amigo ou parente ?
    obrigado !!

    1. Olá Leo, tudo bem?

      Fiquei muito feliz em saber disso!
      Sim, tem sim…eu era uma delas, rs! Fui sem conhecer ninguém e formamos uma grande família lá!
      A maioria são estudantes, pode ser que um conheça outro, mas na maioria todos não se conhecem e acabam se conhecendo lá, não se preocupe com isso.
      Foi uma experiência muito bacana pra mim e recomendo para todos!
      Qualquer dúvida só chamar!

      Abcs,
      Pri

      1. Oi Pri
        obrigado por tirar minha duvida ! e muito bom saber disso hahah
        outra duvida que tenho e se mesmo com as despesas da passagem , aluguel , comidas e afins sobra algum dinheiro para comprar roupas e outras coisas ? . E se tem muita gente que acaba ficando mais do que 3 meses lá.
        Desculpa por te incomodar com tantas perguntas hahaha

        abcs

        1. Oi Leo,
          Magina, quanto menos dúvidas tivermos, mais proveitoso será o Japão!
          Sim, sobra sim! Sobra dinheiro para roupas, viagens, eletrônicos…só se organizar!
          Quanto ao tempo, tem sim..eu acabei ficando um mês a mais e tenho amigos que estão há 3 anos lá!

          Se preferir, pode me mandar e-mail no contato@orientandosepelomundo.com.br
          Não se preocupe, pode fazer quantas perguntas for preciso!

          Abcs,
          Pri

          1. Oi Pri ,
            Estou pesquisando algumas empreiteiras para ir , O que você achou da pipoll travel e uma agencia que voce recomenda , em relação aos valores e afins ?
            Mais uma vez muito obrigado pela ajuda !

            abcs

          2. Oi Leo!
            Recomendo sim! São super atenciosos, de dão suporte tanto aqui quanto no Japão!
            Tente marcar uma reunião com eles para você conhecer melhor!

            Abcs,
            Pri

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *