San Andrés: Visto, tarjeta, vacinas

Olá viajantes! A grande preocupação da maioria das pessoas em relação ao destino é sobre a documentação necessária para embarcar (visto, vacinas, passaporte, etc), mas San Andrés facilita muito nesse ponto para nós brasileiros (mais um motivo para escolhê-lo como próximo destino), confira:

Visto e Passaporte

NÃO é necessário o visto para brasileiros que vão a turismo e permanecem em até 90 dias no país. O passaporte também não é obrigatório para entrar na Colômbia, mas atente-se: a única documentação que o substitui é a carteira de identificação (RG) em bom estado e emitida dentro de 10 anos (não é valido carteira de motorista, certidão de nascimento, etc..).

ATENÇÃO: Se for fazer conexão no Panamá e for desembarcar, o passaporte é obrigatório!

#DicaOPM

Se já tiver o passaporte ou tiver tempo hábil para tirá-lo vá com ele! A maioria dos documentos que pedem para preencher sempre pedem o nº do passaporte (poupamos o tempo de ter que explicar que somos brasileiros e iríamos preencher com o RG) e para trocar dinheiro nos bancos é obrigatório apresentar o passaporte.

Porém, caso não tenha como ir com o passaporte, não se desespere, enviando dinheiro pela Western Union é possível utilizar apenas o RG (Leia aqui).

Tarjeta de Turismo

Para entrar na ilha é obrigatório adquirir a tarjeta de turismo! É possível adquiri-lo no aeroporto de Guarulhos – SP (GRU) ou no aeroporto da conexão, mas os valores diferem um pouco. A vantagem de adquirir ainda no Brasil é que você pode pagar em reais, porém às vezes acabam as tarjetas e eles falam para adquirir na conexão.

Compramos o nosso no aeroporto de Bogotá, terminal 2 no balcão da Avianca. Os valores tinham acabado de ser reajustados e pagamos $36 dólares cada, podíamos comprar em pesos colombianos também ($ 104.000 COP), mas fiz a conversão pela cotação do dia e não ia valer a pena.

A Tarjeta vem com duas vias, uma via você entrega ao entrar na ilha e a outra ao sair dela.

#DicaOPM

Guarde a segunda via junto com o passaporte para não ter perigo de perdê-lo! Ele é de papel e o ideal é deixar tudo guardado em uma bolsa de plástico para não amassar, molhar, etc…

O preenchimento é fácil, fizemos um guia para orienta-los:

Vacinas

Um assunto polêmico e que deixam várias pessoas em dúvida! O ideal é sempre nos prevenirmos, mas há países que exigem algumas vacinas como a febre amarela.

[Última atualização: Maio/2017] A Colômbia passou a exigir essa vacina para todos os brasileiros, para embarcar é obrigatório apresentar certificado internacional de vacinação contra febre amarela.

Siga as recomendações da vacina Clicando aqui  e para procurar o posto de vacinação mais próximo e onde emitir o certificado internacional basta Clicar aqui.

#DicaOPM

Com o surto de febre amarela que tivemos no começo do ano aqui no Brasil, a dica é correr para os postos e se vacinar o quanto antes!

Confesso que quando fomos nós não tomamos a vacina, pois acabamos deixando para depois e quando vimos faltava menos de 10 dias para a viagem. Além do certificado valer apenas para vacinas recebidas antes de 10 dias da viagem (isso não seria um problema, pois em Bogotá não exigem o certificado), dizem que os efeitos colaterais podem se manifestar em 10 dias..aí bateu o receio de passar mal durante a viagem e não tomamos.

Mas se você tem tempo, corre pra tomar, ainda mais que agora essa vacina vale pra vida inteira (antes valia apenas para 10 anos).


Continuem acompanhando nossos posts sobre San Andrés! Se tiverem dúvidas, entre em contato ou diga nos comentários!

Gostou do nosso post? Compartilhe com seus amigos!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

24 pensamentos em “San Andrés: Visto, tarjeta, vacinas

  1. oi Priscilla… Já estive na Colômbia duas vezes e na primeira, cuja conexão foi na Cidade do Panamá, eu tomei a vacina de febre amarela, mas não me pediram nada na imigração. Contudo, eu concordo com você: por conta do surto no país, melhor prevenir qualquer inconveniente no controle de passaporte e viajar vacinado.

    O texto está ótimo, com boas orientações para que vai voar para o país.

    🙂

    1. Olá Analuiza, tudo bem?
      Obrigada pelo retorno!
      Realmente, antes não estavam pedindo, porém a partir de 06/02/17 estão solicitando para quem tem mais de 6h de conexão e/ou vai desembarcar no Panamá.

      Abcs,
      Pri

    1. Olá Camila,
      Que ótimo, você vai amar!! Nos próximos dias vou disparar as outras dicas e espero que possam te ajudar!

      Abcs,
      Pri

    1. Olá Viajante Comum!
      Obrigada pelo retorno!
      Que pena, mas não deixe esse destino para depois, planeje para as próximas férias que com certeza irá amar!

      Abcs,
      Pri

    1. Olá Fernanda, obrigada pelo retorno! 🙂
      Não sei ao certo quando foi exigida essa taxa, pode ser que tempos atrás não tivesse essa obrigatoriedade. Porém como o turismo para lá cresceu muito, a cada ano essa taxa sobe um pouco, rs.

      Abcs,
      Pri

  2. Gracas a Deus… viajo dia 15 e nao tomei a vacina… ja estava desesperada com medo de ser Barrada em San Andres…. todos os post sao incertos em dizer q nao é obrigatório….
    Irei fazer conexao em Bogotá entao acho qnao terei probelmas entao neh?

    Obrigada

    1. Thamires, pode ficar sossegada, em Bogotá ainda não é obrigatório!
      Não terá problema algum 🙂 Tenha um viagem incrível!

  3. Pretendo ir a San Andres em outubro e minha filha é alergica, não podendo tomar a vacina da febre amarela.
    Vi no site da Anvisa que tem um formulário de “dispensa” que deve ser preenchido pelo médico e levado no lugar da carteirinha de vacinação.
    Alguém já viajou com essa dispensa e deu certo?

    Verdade verdadeira isso é só por precaução, pois já viajei bastante e nunca me pediram nada!
    Obrigada!

    1. Olá Raíssa,
      Nesse caso, apenas pessoas alérgicas estão dispensadas em apresentar a carteira internacional da vacina para ir à Colombia.
      Recomendo que se informe com agentes da Anvisa, já vi casais que um deles tinha alergia e conseguiram viajar sem com essa dispensa assinada pelo médico.

      A obrigatoriedade da vacina de febre amarela é recente na Colômbia e estão pedindo a todos.

      abcs,
      Pri

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *